Obs.: Conteúdo publicado em 2003, e migrado para este site sem alterações.

 

Apresentação

A partir da década de 1970, a pimenta longa (Piper hispidinervum) foi inicialmente estudada por pesquisadores do Inpa e Museu Emílio Goeldi, destacando-se como uma espécie rica em óleos essenciais apresentando um rendimento médio de 3,5% e teores de safrol entre 88% e 95%.

Neste aspecto, a Embrapa Acre desenvolveu pesquisas fitotécnicas e agroindustriais com associações de produtores, visando ao plantio em escala comercial e beneficiamento desta Piperaceae, presente naturalmente em capoeiras, pastagens e roçados na Amazônia Ocidental.

Espera-se que as informações a seguir apresentadas possam proporcionar subsídios para a elaboração de programas, projetos de pesquisa e desenvolvimento, assistência técnica, extensão rural e agroindústrias que tenham como objetivo o desenvolvimento sustentável, principalmente, da produção familiar.

Ivandir Soares Campos

Chefe-Geral da Embrapa Acre

Link Edição Portlet Link Edição Portlet

Abr/2016

Link Expediente Portlet Link Expediente Portlet

Lista de Editores do SP da Area publica Portlet Lista de Editores do SP da Area publica Portlet

Editor(es) técnico(s)

  • Maria de Jesus Barbosa Cavalcante

Lista de Autores do Tópico Área Pública Portlet Lista de Autores do Tópico Área Pública Portlet

Autores deste Tópico

Nenhum autor associado.

Link Todos Autores Portlet Link Todos Autores Portlet

Imprimir SP Imprimir SP

Imprimir este SP

Atenção: Uma nova janela será aberta.