Interplantio

É uma técnica normalmente empregada em ervais velhos, plantados em espaçamentos largos, realizada anos antes da poda drástica para a recuperação do erval. Com o interplantio, garante-se uma produção de folha ao mesmo tempo em que as erveiras degradadas recuperam-se da poda de renovação.

O interplantio tem sido feito também em ervais novos que, por algum motivo, foram plantados em espaçamentos maiores.

No caso de interplantio em ervais a recuperar, antes de realizá-lo, deve-se:

  1. assegurar de que o erval está em condições de receber um rebaixe;
  2. deixar um ano sem colher, para criação de reservas;
  3. controlar as plantas espontâneas e fazer subsolagem antes do rebaixe;
  4. adubar previamente;
  5. interplantar e, dois anos depois, fazer o rebaixamento das erveiras antigas.

Deve-se ter o interplantio como uma alternativa a ser considerada num prazo de 3 a 4 anos. Em ervais muito velhos, deve-se fazer a recepa ao nível do solo e proteger os cortes com substância impermeabilizante, para evitar o ataque de fungos e insetos.

Link Edição Portlet Link Edição Portlet

2ª edição

Abr/2014

Link Expediente Portlet Link Expediente Portlet

Lista de Editores do SP da Area publica Portlet Lista de Editores do SP da Area publica Portlet

Editor(es) técnico(s)

  • Sergio Gaiad

Lista de Autores do Tópico Área Pública Portlet Lista de Autores do Tópico Área Pública Portlet

Autores deste Tópico

  • Moacir José Sales Medrado

Link Todos Autores Portlet Link Todos Autores Portlet

Imprimir SP Imprimir SP

Imprimir este SP

Atenção: Uma nova janela será aberta.